Perspectivas de investimento em potencial para Columbia PV Industrial Park

A Colômbia possui recursos de luz solar suficientes, com uma emissividade média diária de 4,5 kWh por metro quadrado, dos quais Guajira é a área mais exposta da Colômbia, com uma emissividade média diária de 6 kWh por metro quadrado. No entanto, a geração de energia fotovoltaica de Painéis Solares para Custo Doméstico é responsável por menos de 3% da estrutura de consumo de eletricidade nacional da Colômbia. De acordo com dados da Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), no final de 2019, a capacidade solar instalada da Colômbia era de apenas 90 MW, e apenas 4 MW foram adicionados em 2019.

A fim de e n encorajar o investimento privado e o uso de energia renovável, como a energia solar, o governo colombiano promulgou a Lei №1715 em 2014, que oferece incentivos fiscais como como redução do imposto de renda, redução da tarifa de importação e redução do imposto sobre valor agregado e isenção para investimentos em energias renováveis. Em abril de 2020, de acordo com um registro compilado pelo Departamento de Mineração e Planejamento Energético da Colômbia, a Colômbia atualmente tem cerca de 341 projetos solares aprovados ou em revisão. Os dados mostram que nos ativos planejados de energia renovável da Colômbia, a energia solar é responsável por 68,47%. A Colômbia está planejando construir um portfólio de geração de energia de energia limpa de 18,38 GW, dos quais projetos solares serão responsáveis ​​por 9,48 GW.